Uma viagem fantástica

Se você embarcasse em uma viagem fantástica você ia querer registrar tudo. Não ia perder nenhum detalhe.

Mas o que seria uma viagem fantástica? É uma questão de interpretação. Se você considerasse seu atual caminho uma viagem fantástica, já estaria registrando tudo – encantado, abismado.

Ter um diário de bordo é uma forma de observar, registrar e, principalmente, de tempos em tempos, analisar a vida em perspectiva. E assim relembrar e resgatar ideias, planos e projetos que vão ficando pelo caminho. Não registrar, infelizmente, é apostar no esquecimento.

O que falta para você carregar um caderno de ideias por aí: esperar uma viagem fantástica aparecer, ou perceber que quem constrói essa jornada é você?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s