Conflitos necessários

Precisamos enfrentar os conflitos que são necessários.

E talvez a melhor forma de saber o que é necessário, é definindo o que é desnecessário. Via negativa, de novo.

Pois muito daquilo que nos preocupa não deveria merecer a nossa atenção.

Eis a simples fórmula: fugir do conflito desnecessário.

Mas tem a segunda parte: enfrentar o conflito necessário.

Mas tememos entrar no conflito. Eles parecem uma ameaça, e por isso muitas vezes nos escondemos. Deixamos quieto. E assim o problema cresce. E assim cometemos injustiças. É aquela história: para que o mal prevaleça, basta o silêncio da pessoa boa.

A boa notícia: quando você resolve um conflito, a relação, que parecia ameaçada, sai fortalecida. A recompensa está logo alí, do outro lado do conflito. O mais difícil é ignorar o medo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s