Consequência antes da causa

É um problema crônico atribuir causas equivocadas para as consequências. Mas tem algo pior (e talvez mais frequente): quando queremos a consequência antes da causa. Precisamos construir a causa primeiro, para depois ver o que acontece.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s