A pele em jogo

Ouvi dizer que na Roma (Grécia? Mesopotâmia?) Antiga o arquiteto que projetava uma ponte era o primeiro a passar por ela – ele e a carga que ele calculou que a ponte suportaria. 

Perdemos isso em algum momento da nossa história. Hoje, supostos técnicos e especialistas tomam decisões, afetam a vida de muita gente e saem ilesos de resultados desastrosos.

Quem projeta ou propõe precisa encarar as eventuais consequências também. E se isso não for acontecer, o projeto ou a proposta perdem credibilidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s