O trabalho importa!

Eu conversava com a chefe e com a funcionária.
A funcionária lembrou do dia em que fez a entrevista.
Ela contou vários detalhes. Coisas que foram ditas. Percepções que ela teve.
E a chefe não lembra de nada. Foi só mais uma entrevista, entre dezenas, talvez centenas já realizadas.
Muitas vezes não temos ideia do impacto que causamos nas pessoas. Vamos para o trabalho reclamando de mais um dia de rotina. Enquanto isso, outros que cruzam nosso caminho, curiosamente, tem seu caminho alterado pelas nossas ações.
Lembre-se: o trabalho importa! É no trabalho que aprendemos, mudamos e construímos. E ter um trabalho importante é uma opção sua, e não responsabilidade do seu chefe. Até porque, talvez, ele já tenha esquecido disso.

Sua vez de parar

Toda crise traz oportunidades, diz o clichê.
Lembra da greve dos caminhoneiros? Surgiram oportunidades daquela crise? Eu pensei em uma.
Quem sabe podemos, finalmente, perceber que estamos correndo sem rumo. E reclamando que estão nos impedindo de continuar correndo sem rumo. Será que é mesmo necessário encher o tanque e ir? Não daria para resolver de casa? Não seria melhor nem ir, já que muitas vezes estamos apenas fazendo o que sempre foi feito, sem questionar os reais motivos?
Quem sabe seja sua vez de perceber a importância de parar um pouquinho e olhar para o que realmente importa.
Eu sei que todos precisamos ir. Mas nem sempre.